BARRÈS, Maurice

(Charmes-sur-Moselles, 1862- Neully-sur-Seine, 1923)


Nome(s) Alternativo(s):

Biografia:

Faz seus primeiros estudos no colégio Malgrange, depois no Liceu de Nancy. Estuda direito em Paris. Torna-se escritor, publicista e membro da Academia Francesa (1906). É eleito deputado de Nancy em 1889, deputado do Lo arrondissement de Paris em 16 de maio de 1906 e reeleito em 24 de abril de 1910. Funda a revista Le tache d’encre (1884-1885) e dá início ao ciclo romanesco Le culte de moi, cujos três volumes Sous l’oeil des Barbares, Un homme libre et Le jardim de Berenice são publicados respectivamente em 1888, 1889 e 1891. Dedica-se também a um outro ciclo romanesco, denominado Le roman de l’énergie nationale, constituído por três obras: Les déracinés (1897), l’Appel au soldat (1900), Leur Figure (1902). Com o mesmo tema, publica, ainda, os romances Collete Baudoche e La colline inspiré (1913).


Título

Volume

Local

Editora

Ano


1